The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

Cruz Vermelha Portuguesa dedica hino aos profissionais que não podem ficar em casa

Cruz Vermelha Portuguesa dedica hino aos profissionais que não podem ficar em casa

A pensar em quem não pode ficar em casa e em todas as famílias que, obrigadas ao confinamento, se vêm em situação de vulnerabilidade provocada por esta Pandemia, na Cruz Vermelha Portuguesa lançou o movimento #Eu Ajudo quem Ajuda.

Muitas foram as dezenas de entidades do sector privado que já se associaram ao movimento e centenas de pessoas, a título pessoal, fizeram os seus donativos, contribuindo para uma causa que, afinal, é de todos nós.

A CVP mantém-se no terreno a trabalhar diariamente em prol da melhoria da qualidade de vida de todos aqueles que, directa ou indirectamente, se viram afectados pela pandemia. Trata-se de um apoio prestado através de equipas de emergência que se deslocam nas ambulâncias de socorro, das equipas Psicossociais que garantem o apoio no âmbito da Saúde Mental e minimizam o impacto emocional, dos operadores da Teleassistência que combatem o isolamento dos mais idosos garantindo-lhes tranquilidade em momentos de maior aflição, dos Voluntários e Técnicos de Saúde, que se encontram nas Unidades fixas e móveis de triagem COVID, dos Assistentes Sociais e Educadores Sociais que garantem o cuidado, apoio e dignidade dos utentes das Estruturas Seniores, nomeadamente, Lares, Unidades de Cuidados Continuados e Cantinas Sociais.

Por forma a levar a mensagem mais além, a Cruz Vermelha Portuguesa lançou o segundo mote deste movimento, através de um hino produzido para o efeito. A música foi criada pela artista RÁAE, produzida pela produtora SONIDO e o vídeo foi desenvolvido pela agência Lola Normajean.

Um hino criado especificamente para esta causa que nos une e que pretende sensibilizar as pessoas para a responsabilidade de cada um na prevenção e controlo da Pandemia.

O hino vai estar presente em várias plataformas (TV, Spotify - onde será doado um valor por cada clique na música, Youtube, Redes sociais, Streamings e Rádio, com o intuito de fazer chegar ao maior número de pessoas uma importante mensagem de Esperança, Resiliência e União.

Ajude ficando em casa e ajude, ajudando quem tem de sair.

Cruz Vermelha Portuguesa dedica hino aos profissionais que não podem ficar em casa
Watch the video

Cruz Vermelha Portuguesa dedica hino aos profissionais que não podem ficar em casa

A pensar em quem não pode ficar em casa e em todas as famílias que, obrigadas ao confinamento, se vêm em situação de vulnerabilidade provocada por esta Pandemia, na Cruz Vermelha Portuguesa lançou o movimento #Eu Ajudo quem Ajuda.

Muitas foram as dezenas de entidades do sector privado que já se associaram ao movimento e centenas de pessoas, a título pessoal, fizeram os seus donativos, contribuindo para uma causa que, afinal, é de todos nós.

A CVP mantém-se no terreno a trabalhar diariamente em prol da melhoria da qualidade de vida de todos aqueles que, directa ou indirectamente, se viram afectados pela pandemia. Trata-se de um apoio prestado através de equipas de emergência que se deslocam nas ambulâncias de socorro, das equipas Psicossociais que garantem o apoio no âmbito da Saúde Mental e minimizam o impacto emocional, dos operadores da Teleassistência que combatem o isolamento dos mais idosos garantindo-lhes tranquilidade em momentos de maior aflição, dos Voluntários e Técnicos de Saúde, que se encontram nas Unidades fixas e móveis de triagem COVID, dos Assistentes Sociais e Educadores Sociais que garantem o cuidado, apoio e dignidade dos utentes das Estruturas Seniores, nomeadamente, Lares, Unidades de Cuidados Continuados e Cantinas Sociais.

Por forma a levar a mensagem mais além, a Cruz Vermelha Portuguesa lançou o segundo mote deste movimento, através de um hino produzido para o efeito. A música foi criada pela artista RÁAE, produzida pela produtora SONIDO e o vídeo foi desenvolvido pela agência Lola Normajean.

Um hino criado especificamente para esta causa que nos une e que pretende sensibilizar as pessoas para a responsabilidade de cada um na prevenção e controlo da Pandemia.

O hino vai estar presente em várias plataformas (TV, Spotify - onde será doado um valor por cada clique na música, Youtube, Redes sociais, Streamings e Rádio, com o intuito de fazer chegar ao maior número de pessoas uma importante mensagem de Esperança, Resiliência e União.

Ajude ficando em casa e ajude, ajudando quem tem de sair.