The current Bet365 opening offer for new customers is market-leading bet365 mobile app You can get a free bet right now when you open an account.

Quid: "Sem Filtros"

Quid: "Sem Filtros"

O Teatro do Bairro, em Lisboa, foi o palco e o álbum de estreia "Sem Filtros" o mote para a apresentação dos Quid, no passado dia 1 de julho. Um projeto de originais em português que, a ter de ser catalogado, fica confortavelmente "incluído na cena pop/rock/alternativo em formato acústico", segundo a banda explicou ao VerDaqui:

A banda à conversa com o VerDaqui, em dia de atuação no Teatro do Bairro em Lisboa.


"Os Quid nasceram em Lisboa há uns anos e, depois de várias tentativas, chegaram à formação certa e ao momento exato para se apresentarem convictamente", explica Luís Santos que unificou esta mão cheia de talentos.

O também responsável pelas letras e composições adianta que, "desde o ano passado, a banda tem atuado em algumas salas do país e, numa tour pelas várias FNAC, mostrou, ao vivo, o EP “Gramática de Ser”. Agora é a vez do LP "Sem Filtros" chegar às plataformas digitais e dar a conhecer melhor a nossa música".

Uma complicada lesão na perna adiou alguns compromissos promocionais do novo trabalho, mas não impediu a atuação de Luís Santos com os seus companheiros na sala lisboeta. Uma noite de "muita vontade de partilhar com o mundo as novidades musicais" e "nervoso miudinho", apesar de já andarem "na estrada há muito tempo, mesmo com outros projetos", como frisa o baixista Humberto Silva, ainda nos bastidores.

Também a violoncelista Margarida Moser partilha dessa ansiedade crescente e natural em "apresentar ao mundo o primeiro filho da banda", até porque acredita que todo o projeto "tem pernas para andar".

"Fazer parte desta familia é um orgulho. Lutámos muito para estar aqui ", confessa Anabella Tomás, que dá voz aos temas intimistas da banda.

"Ego", "Veludo Azul" e Analepse" alinham entre os 10 singles que compõem o álbum "Sem Filtros", o cartão de visita dos Quid que, garante Rui Hopffer, percussionista, provoca o efeito coca-cola: "primeiro estranha-se e depois entranha-se. Ouvindo três ou quatro vezes já não se consegue parar de ouvir".

O álbum chega brevemente às plataformas digitais. Também os respetivos singles e vídeos promocionais da banda. Entretanto, fica o aperitivo:


https://www.facebook.com/projecto.quid
https://www.instagram.com/projecto_quid

 

Teaser youtube

Sistema de comentários desenvolvido por CComment