Choupal

Já comecei este texto várias vezes, em dias diferentes, com espíritos diferentes. Nunca o terminei porque fico sempre com a sensação que as palavras ficam aquém daquilo que quero exprimir. Acontece o mesmo quando algumas pessoas, as mais céticas, me questionam sobre o amor que tenho por animais.

“Gostas de animais mas depois comes carne” ou “Sim, eles são uns queridos, mas só porque lhe dás de comer e tratas bem”, são frases (entre outras) que frequentemente tento rebater. Mas esse é assunto que dá pano pra mangas e fica “para outras núpcias”, como diria a minha avó.

Hoje o assunto é breve, porque só assim conseguirei termina-lo. Porque quanto mais quero escrever sobre ele, mais fica por dizer.

O Choupal.

Um dos espaços que mais gosto na vida. Mas, como diriam muitos, o Central Park em Nova York ou o Hyde Park em Londres “metem o Choupal num bolso”. Pois, felizmente, eu conheço estes e outros e consigo dizer, peremptória, é do Choupal, em Coimbra, que eu gosto mais.

Merecia mais zelo e manutenção dos espaços verdes? Sim, merecia. Mas, aí voltamos ao mesmo, esse é assunto que também dá pano pra mangas e o meu objetivo é outro.

Não há espaço em Coimbra ou arredores onde me sinta melhor. Há no país outros espaços naturais (estou a lembrar-me, sem pensar muito, do Gerês, para mim um tesouro que ninguém devia deixar de conhecer), mais “arranjadinhos” que também adoro.

Mas é ao Choupal que conheço bem, é esta a mata em estado bruto que me arranca do sofá e ganha à maratona de filmes que já tinha programada. São os trilhos ao longo dos vários hectares, o parque de merendas cheio de gente, a beira rio espelhada na água e até aquela senhora que todos os dias caminha os amigos de quatro patas (até eles sorriem quando passeiam no Choupal, juro!).

É esta a mata que, mesmo nos dias “não”, me arranca um sorriso dos lábios, perdida no meio do verde com o sol a entrelaçar-se nas árvores, enquanto as pernas, gradualmente, ganham balanço ao som de Angels de Robbie Williams.

Como ontem... 


Sistema de comentários desenvolvido por CComment

Siga-nos no Facebook