“A bater em ‘mortos’ até eu!”, dizia um benfiquista (sim!) no final da goleada do Benfica por 10-0 frente ao Nacional, mas a análise não pode ser tão redutora. É verdade que o golo madrugador dos encarnados (logo no minuto 1) deixou a equipa madeirense atordoada, mas também é verdade que a equipa de Bruno Lage fez tudo para tornar a partida mais fácil, ou seja, jogou rápido, simples e com “nota artística”.

Ler mais...
Load More

Siga-nos no Facebook